PGJ deve se explicar à Justiça sobre denúncia de nepotismo

Depois de se negar a prestar esclarecimentos a O Estado durante toda a semana passada, o procurador-geral de Justiça do Maranhão, Luiz Gonzaga Coelho, deve ter de prestar contas à Justiça.

O Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Maranhão (Sindsemp-MA) revelou ter acionado sua assessoria jurídica para estudar possíveis medidas no caso de nepotismo denunciado pela coluna na semana passada.

Segundo apurado, Gonzaga nomeou a esposa de um sobrinho,  Amaujarijanny Gonçalves Coelho, para cargo em comissão no Ministério Público do Maranhão (MPMA).

Se não vai se pronunciar à imprensa – mesmo após reiteradas tentativas de contato oficial – o chefe da PGJ deve ter que dar explicações ao Judiciário.

Vale aguardar.


10 pensou em “PGJ deve se explicar à Justiça sobre denúncia de nepotismo

  1. *Segurança do PROCURADOR GERAL de JUSTIÇA do MARANHÃO, que auto-intitula POLICIAL humilha e agride rapaz em bar na cidade de Loreto-MA.*
    No vídeo é nítido o senso de superioridade do tal segurança.
    Está com uma arma na mão ameaçando um rapaz aparentemente sem reação. Empurra, humilha e ameaça.
    *Loreto é uma cidade com menos de 20 mil habitantes.* Cidade natal de Luiz Gonzaga Coelho,procurador geral da justiça do Maranhão. *Luiz Gonzaga Coelho foi nomeado pelo governador Flávio Dino para o mandato 2018-2020.*
    Inadmissível atitude do tal segurança.

  2. *Segurança do PROCURADOR GERAL de JUSTIÇA do MARANHÃO, que auto-intitula POLICIAL humilha e agride rapaz em bar na cidade de Loreto-MA.*
    No vídeo é nítido o senso de superioridade do tal segurança.
    Está com uma arma na mão ameaçando um rapaz aparentemente sem reação. Empurra, humilha e ameaça.
    *Loreto é uma cidade com menos de 20 mil habitantes.* Cidade natal de Luiz Gonzaga Coelho,procurador geral da justiça do Maranhão. *Luiz Gonzaga Coelho foi nomeado pelo governador Flávio Dino para o mandato 2018-2020.*
    Inadmissível atitude do tal segurança.

  3. Ministério Público do Maranhão é igual a bumbum de bebê: vira e torna e sai de lá uma m…. E eles não perdem a pose, desde qua a Dra. Elimar Figueiredo saiu dequela Casa, a cada gestão que passa, aquele órgão vem se degradando perante a sociedade. Esperamos um dia aparecer um Bolsonaro da vida pra comandar os traquinos ditos fiscais das leis.

  4. Lembrando q na última eleição para PGJ ele foi CANDIDATO ÚNICO. Nem se formou lista tríplice no MP … E olha que lá o ego é grande pra ninguém (nenhum procurador) querer ao menos tentar disputar.

  5. Esse MPE heim! Todo tempo vem algum escândalo desse órgão fiscal da lei e não se vê uma punição contra os protagonistas, por quê? É uma casta cheia de mordomias, de poderes concedidos pela CF e de relações promíscuas com o Executivo. Como poderão ter moral pra propagandear o combate a corrupção? e punir os prefeitos, ex-prefeitos, presidentes e ex-presidentes das câmaras municipais do interior do estado? Esta que nos parece, por sinal, ser a sua especialidade de atuação.

  6. Pingback: Após denúncia de nepotismo, parente de Gonzaga é exonerada da PGJ-MA - Gilberto Léda

  7. mas se isso fosse com a doutora Regina Rocha, iam já dizer que ele seria ausente, lerda, dislexia e por ai vai….. mas como é com o todo poderoso, ninguém fala nada, cadê que no ministério publico alguém fala do concunhado dele, que foi contratado por uma empreiteira com salário de R$ 8.000, porém trabalha na procuradoria….. abri o olho MP.

Os comentários estão fechados.