Após denúncia de nepotismo, parente de Gonzaga é exonerada da PGJ-MA

A Procuradoria-Geral de Justiça do Maranhão (PGJ-MA) exonerou do cargo de chefe de seção, antes de virada do ano, Amaurijanny Gonçalves Coelho.

Ela é casada com um sobrinho do atual procurador-geral, Luiz Gonzaga Martins Coelho, no que se configurava como caso de nepotismo.

A exoneração, a pedido, foi assinada por Francisco das Chagas Barros, exercendo o cargo de procurador-geral.

O caso da nomeação da patente de Gonzaga foi revelado pelo jornal O Estado, na coluna Estado Maior.

Antes da publicação, o chefe da PGJ foi procurado diversas vezes para tratar do assunto, sem nunca haver se posicionado oficialmente.

O sindicato de servidores do Ministério Público deve acioná-lo na Justiça (saiba mais).


6 pensou em “Após denúncia de nepotismo, parente de Gonzaga é exonerada da PGJ-MA

  1. Pingback: PGJ-MA: denúncia de nepotismo chega ao CNMP - Gilberto Léda

  2. mas se isso fosse com a doutora Regina Rocha, iam já dizer que ele seria ausente, lerda, dislexia e por ai vai….. mas como é com o todo poderoso, ninguém fala nada, cadê que no ministério publico alguém fala do concunhado dele, que foi contratado por uma empreiteira com salário de R$ 8.000, porém trabalha na procuradoria….. abri o olho MP.

  3. Pingback: CNMP arquiva denúncia de nepotismo contra Luiz Gonzaga - Gilberto Léda

Os comentários estão fechados.