Governo Flávio Dino admite Reforma da Previdência estadual

25/07/2014. Crédito: Márcio Melo/Divulgação/OIMP/D.A.Press. Brasil. São Luís-MA. Entrevista com o deputado estadual Marcelo Tavares, PSB MA.

O deputado estadual Marcelo Tavares (PSB), que ressume amanhã (7) a chefia da Casa Civil na gestão Flávio Dino (PCdoB), admitiu ontem (5), na Assembleia Legislativa, que o Governo do Maranhão cogita a possibilidade de realizar uma Reforma da Previdência estadual.

Em conversa com jornalistas, ele declarou que ainda não existe uma proposta formalizada pelo Estado, que deve aguardar os rumos que tomará a discussão sobre a Reforma da Previdência em âmbito nacional.

“Vamos esperar para ver o que vai acontecer com essa Reforma da Previdência em Brasília. A partir disso é que podemos pensar numa reforma aqui”, ressaltou.

Segundo Tavares – que admite a situação deficitária do Fundo Estadual de Pensão e Aposentadoria (Fepa) do Maranhão –, não há riscos de não pagamento de benefícios porque, mesmo deficitário, o fundo recebe complementação do Tesouro Estadual para garantir pensões e aposentadorias.

Ele também rebate a tese de que a administração Flávio Dino “quebrou” a Previdência estadual. “Nunca houve saques irregulares do Fepa. Esse dinheiro nunca foi usado para outra coisa que não o pagamento dos benefícios”, completou.

Ainda de acordo com o parlamentar, o déficit da Previdência decorre do natural envelhecimento da população e do consequente aumento do número de aposentados no Estado.

“Quando foi criado o Fepa, ainda não havia aposentados recebendo dele. Estes foram se aposentando ao longo dos anos. Por isso, até por volta de 2012 o Fundo era superavitário. Com o aumento da massa de aposentados, as contribuições ao Fepa diminuíram, mas os valores a serem pagos só aumentaram”, destacou.

________________Leia mais
Reequilíbrio da Previdência é desafio de Flávio Dino para segundo mandato


10 thoughts on “Governo Flávio Dino admite Reforma da Previdência estadual

  1. Diminuíram porque os governos privilegiam as contratações temporárias, cuja contribuição é para o regime geral (INSS) à realizar concurso público.

      • Entendi seu imbecil, o PT destruiu a economia, nossa moral, nosso futuro e nossa dignidade, mas oque importa para lunáticos como vc é a armação da Folha de São Paulo para incriminar o filho do presidente.
        Como digo, todo esquerdista é um lunático irresponsável que destroi a razão.

        • Piada kkkkk vai estudar seu analfabeto…o PT tirou tu e toda tua família da fome e agora vem com esse papo de hipócrita….e analfabeto e foca passando vergonha porque não aproveitou o período do PT pra estudar ….

  2. “Com o aumento da massa de aposentados, as contribuições ao FEPA diminuíram” disse Marcelo Tavares e isso é mentira porque o servidor público aposentado continua contribuindo. O que inviabilizou a saúde do FEPA foram saques indevidos feitos pelo governo Flávio Dino e isso é de conhecimento público. Conta outra Marcelo Tavares ……..

  3. Quer porque quer assunto para falar na propaganda política do próximo pleito. E os milhoes da FEPA, não pedir ajuda pra Maduro, ele tem bilhoes bloqueados nos EUA, e agora em Portugal.

  4. ESSE TAVARES PENSA QUE TODOS SAO OTARIOA…, DINOQUIO ROUBOU TODO O DINHEIRO DO FEPA PARA ELEGER SUA TRUPE E O RESULTADO FOI A QUEBRA.
    QUANTO AO ENVELHECIMENTO DOS APOSENTADOS, OS QUE CONSEGUEM, ANTES DE MORRER, O FEPA DEIXA DE PAGAR PARA OS DEFUNTOS, OU SEJA,COM O PIOR INDICE DE QUALIDADE DE VIDA, ERA PRA TÁ SOBRANDO DINHEIRO NO CAIXA.

  5. Pingback: Flávio Dino reconhece importância da Reforma da Previdência - Gilberto Léda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *