Alvo de Dino, Bolsonaro deixa MA fora de pacote para agricultura

Os constantes ataques do governador Flávio Dino (PCdoB) ao presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), podem ter provocado o primeiro resultado negativo para o Maranhão.

Segundo a “Coluna do Estadão”, de O Estado de S. Paulo, a estratégia de aproximação do presidente com o eleitor nordestino prevê um pacote de ações de fomento à agricultura.

“Sob orientação da Casa Civil e do Ministério da Agricultura, a Embrapa Territorial identificou oito microrregiões carentes nas quais fará ações direcionadas. Pelo plano traçado, o programa beneficiará cerca de 150 mil famílias”, diz a coluna.

As “microrregiões” são próximas aos municípios de Euclides da Cunha (BA), Araripina (PE), Batalha (AL) e Canindé do São Francisco (SE). Porém, devem ser incluídas cidades das regiões do Vale do Açu (RN), Cariri (PB), Baixo Jaguaribe (CE) e sul do Piauí.

Não há nenhum município do Maranhão incluído.

Segundo a publicação, o estado governado por Dino ficou de fora por não fazer parte do semiárido nordestino.

Essa é a justificativa oficial…


7 pensou em “Alvo de Dino, Bolsonaro deixa MA fora de pacote para agricultura

  1. Maranhão ja está incluso através do Projeto Dom Helder Camara, que destinou 30 milhoes de reais para atender familias de mais de 30 municipios maranhenses. E o melhor o fomento ja liberado e as familias ja implantando seus projetos produtivos. Nao adianta bozo querer boicotá. Flavio Dino o melhor governador do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *