TRE rejeita suspeição de juíza que declarou Flávio Dino inelegível

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) rejeitou ontem (10), por unanimidade, um pedido de suspeição feito pelo deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) contra a juíza Anelise Reginato, de Coroatá, que o declarou inelegível junto com o governador Flávio Dino (PCdoB).

Ambos foram condenados por abuso de poder político e econômico nas eleições de 2016, em Coroatá.

Por conta do pedido de Jerry, o recurso contra a decisão de primeiro grau estava suspenso no TRE-MA (saiba mais), mas agora pode voltar a tramitar normalmente.

Em janeiro, o procurador regional eleitoral no Maranhão, Pedro Henrique Castelo Branco, emitiu parecer pela rejeição do pedido de suspeição protocolado por Jerry.


2 pensou em “TRE rejeita suspeição de juíza que declarou Flávio Dino inelegível

  1. Finalmente o julgamento em 2.° e 3.° grau dos recursos contra as condenações está próximo, queira a Deus! Esse pedido de suspeição da competente e independente juíza eleitoral, Anelise Reginato, parece que era o “enésimo”!!? Isso não tinha mais graça. Não acredito que ainda caiba mais procrastinações no TRE-MA antes do julgamento final pela Corte? Agora vai!!!

  2. Gilberto Leda,

    Os que estão dizendo que não vai dar em nada, devem ser os próprios condenados nos crimes eleitorais que estão com pavor de ficarem inelegíveis por 8 anos a contar de 2016, ou são os seus cupinchas ou os seus empregadinhos!!!??? O certo é que se esgotaram a contragosto deles todos recursos protelatórios no TRE/MA antes do julgamento do fraco Recurso deles contra as condenações do Caso Coroatá. E a pauta do TRE/MA parece estar vazia nos próximos meses para se incluir o julgamento final do mérito do Recurso na Corte. Isso é que os deixa em polvorosa. KkkkkkkkkKkkkkkkkkkkkkjkkk

Os comentários estão fechados.