Dino confirma que vai cumprir decisão e decretar lockdown

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), utilizou as redes sociais na noite de hoje (30) para anunciar que vai cumprir a decisão Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís (saiba mais), e decretar lockdown na Ilha de São Luís a partir do dia 5 de maio.

O comunista também informou que dará uma entrevista coletiva sobre o assunto amanhã (1º), às 10h.

Ao determinar que o Executivo decrete o bloqueio total na Região Metropolitana da capital maranhense, o magistrado atendeu a um pedido do Ministério Público que alegou que, mesmo com a perspectiva de ampliação de leitos na capital, com a criação de um hospital de campanha no Multicenter Sebrae, o prazo final para a instalação é de 45 dias.

No seu despacho, ele destacou que as medidas de isolamento e distanciamento social já adotadas pelo Governo do Maranhão não estão surtindo efeito e, como resultado, estão causando “estrangulamento tanto da rede pública, quanto da rede privada de saúde.

“Para o presente momento as medidas de distanciamento social estão se mostrando ineficazes para contenção da propagação do vírus causador da COVID-19, demandando do Poder Público a adoção de medidas mais intensas para evitar um colapso do sistema público de saúde, que, na Capital, já se evidencia, com a lotação máxima dos leitos de UTI destinados a pacientes com COVID-19. E o estrangulamento não se resume à rede pública. Hospitais privados já noticiam que a capacidade máxima de seus leitos para pacientes com COVID-19 foi atingida, a exemplo do Hospital São Domingos, e requerem do Poder Público a adoção de medidas de isolamento mais enérgicas”, destacou.

O juiz também determinou que o Estado fiscalize “de forma efetiva as medidas de distanciamento social/lockdown” e proibiu as prefeituras da Ilha de efetivar qualquer medida contrária ao decreto, além de obrigá-las a usar a publicidade oficial para informar “de forma mais incisiva a letalidade que resultará do colapso do Sistema de Saúde, em razão do descumprimento das regras de distanciamento social”.

________________Leia mais
Com lockdown, caminhadas na Litorânea e Espigão serão proibidas


8 pensou em “Dino confirma que vai cumprir decisão e decretar lockdown

  1. Isso foi tudo combinado com o governador.
    Caso o governador fechasse o comércio perderia popularidade.
    Só aqui no Maranhão o poder judiciário come na mão do governador.

  2. Isso é cagada ensaiada entre o judiciário ( principalmente MP ) e o governo do estado, este último que não tem peito pra assumir a impopularidade do ato.
    Isto é que da, MP controlado pelo governador, judiciário dependente… Medo de cortes.

  3. A CULPA DA INEFICIÊNCIA É SOMENTE SUA, QUE PERMITE AGLOMERAÇÕES NAS PORTAS DAS LOTÉRICAS E DOS BANCOS. SUA INCOMPETÊNCIA VAI LEVAR NOSSO ESTADO AO CAOS ECONÔMICO E DEMISSÕES DE MILHARES DE TRABALHADORES.
    NO FINAL, CHEGAREMOS A CONCLUSÃO QUE TUDO FOI EM VÃO!!!!

  4. Pingback: Lockdown: decisão escancara falhas no combate à Covid-19 no MA - Gilberto Léda

  5. Pingback: Lockdown: decisão escancara falhas no combate à Covid-19 no MA – Codó News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *