Com registros de aglomerações em São Luís, SES vai intensificar fiscalização

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, prometeu hoje (5), no Twitter, uma intensificação das fiscalizações em São Luís, após vários registros de aglomerações de pessoas no fim de semana.

Segundo ele, estabelecimentos que não tomarem medidas contra grandes reuniões de pessoas serão multados.

“Pessoas indo para as ruas sem qualquer cuidado. As fiscalizações serão intensificadas e os estabelecimentos multados”, disse.

Na sexta-feira (3), o bar Nosso Canto, no Vinhais, já foi autuado por promover um show ao vivo – mas com a banda tocando da sacada de um prédio e frente ao estabelecimento para burlar a portaria do governo.

Já no sábado (4), os pontos de aglomeração foram postos de combustíveis.

Nas praias, neste domingo (5), houve muita concentração de banhistas, e pouco respeito às regras sanitária.

Segundo boletim epidemiológico emitido hoje pela SES, o Maranhão já chegou aos 2.219 óbitos causados pela Covid-19 (saiba mais).

Um estudo divulgado na semana passada pelo médico epidemiologista Antônio Augusto Moura Silva, professor doutor titular do Departamento de Saúde Pública da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), e professor de Epidemiologia do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Ufma, alerta para o fato de que o Maranhão pode estar entrando em uma segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus após a reabertura de vários setores da indústria e do comércio (reveja).


7 pensou em “Com registros de aglomerações em São Luís, SES vai intensificar fiscalização

  1. Parem de encher o saco do povo. Essa narrativa ja deu. Nao ha registro de aumento de casos. Ja virou palhaçada. Que pegar toma a cloroquina. Governo fulero.

  2. Lugares fechados com mais de 30 pessoas aglomeradas é o que mais se olha. O número de óbitos e contaminados aumentou de forma assustadora. Em poucos dias será necessário lockdown para evitar o pior. O povo está brincando.

  3. Pingback: Conveniência localizada em posto na Estrada de Ribamar é interditada - Gilberto Léda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *