Dino descartou pesquisa como ‘critério de escolha’ de candidato em 2022

Não procede a informação disparada por aliados do senador Weverton Rocha (PDT) de que o governador Flávio Dino (PCdoB) teria decidido, na reunião com o pedetista e Brandão, no Palácio dos Leões, que pesquisas seriam realizadas para a definição do candidato do grupo em 2022.

Como mostrou o Blog do Gilberto Léda ontem (16), na verdade o comunista mostrou insatisfação com a antecipação do debate eleitoral, e reafirmou que ele conduzirá o processo.

E sobre a escolha do candidato, o governador usou o exemplo do próprio Rocha – além da também senadora Eliziane Gama (Cidadania) – para expor seu pensamento.

Segundo Dino, se fosse depender de pesquisa um ano antes da eleição, nenhum dos dois teria sido sequer candidato, uma vez que pontuavam bem baixo meses antes do pleito – situação parecida, ainda, com a do ex-prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que tinha menos de 5% quando foi escolhido candidato do grupo em São Luís em 2012.

Ou seja: pelo visto, Flávio Dino há decidiu mesmo seu candidato no ano que vem. E, a jugar pelos recentes sinais, não será Weverton.


7 pensou em “Dino descartou pesquisa como ‘critério de escolha’ de candidato em 2022

  1. Acontece que naquela época o povo estava esperando uma outra atitude desse comunista. Ele prometeu combate a corrupção, não usar jatinho, não morar no palácio e virar a página. Acontece que nada disso aconteceu e o povo já acordou. Até hoje o funcionário público estadual está sem aumento no seu salário, desde 2015. Chega de comunistas.

  2. Dino só tem uma opção: apoiar Carlos Brandão. Ele sabe que, pra ter chance de ser eleito Senador, tem que contar com a ajuda da Caneta Azul Estatal. Eu sei e ele sabe que, sem contar com a mão protetora do STF, sem mandato, vira outro Zé Reinaldo, hoje, politicamente, um zumbi que parece ter saído da série The Walking Dead.

    • Concordo!! Brandão não deixará de ser candidato a governador. Pois é o único cargo ao qual ele poderá concorrer, por imposição legal. Flávio Dino, para consecução de seus objetivos em âmbito nacional, sabe que precisa vencer e ter uma votação expressiva pra senador. E isto (votação expressiva) não será possível se Dino estiver contra o governo do estado.

  3. BOA TARDE A TODOS, MAIS UMA VEZ O GOVERNADOR FLÁVIO DINO ESCOLHE UM CANDIDATO SEM OUVIR AS BASES, COMO FEZ NA ELEIÇÃO PARA PREFEITURA DE SÃO LUÍS, ONDE SEU GRUPO POLÍTICO FOI DERROTADO, VAI SER MAIS UMA ESTRATÉGIA ERRADA, PODENDO TRAZER UMA DERROTA DO GRUPO DO GOVERNADOR A NÍVEL ESTADUAL, TEM SIM QUE USAR AS PESQUISAS PRA ESCOLHA DE CANDIDATO SEJA PRA QUALQUER ELEIÇÃO QUE SE FOR DISPUTAR, MAIS CASO O GOVERNADOR FLÁVIO DINO QUE PELO JEITO JÁ ESCOLHEU O CORONEL CARLOS BRANDÃO, O SENADOR WEVERTON ROCHA DEVE ABANDONAR O GRUPO DO GOVERNADOR E SEGUIR EM FRENTE COM SUA CANDIDATURA AO GOVERNO DO ESTADO, POIS O SENADOR WEVERTON ROCHA TEM MAIS BAGAGEM POLÍTICA E CAPACIDADE DE DIÁLOGO, MUITO MAIS DO QUE O CORONEL CARLOS BRANDÃO DO PSDB.

  4. TEM QUE TIRAR TUDO QUE DEU PARA O WEVERTON , PDT, NETO EVANGELISTA JUSCELINO, E TODOS QUE TRAIRAM O GOVERNADOR, JA ROMPERAM, O QUE O GOVERNADOR ESTA ESPERANDO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *