Presos suspeitos de aplicar golpes em deputados e prefeitos do MA

A Polícia Civil do Estado do Maranhão por intermédio do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos – DCCT/SEIC, efetuou as prisões em flagrante de duas pessoas, sendo uma mulher de 37 anos e um homem de 29 anos, por incorrerem nos crimes tipificados nos artigos 171 c/c, 71 e 154 todos do Código Penal Brasileiro.

Os acusados foram presos em flagrante delito por estarem envolvidos em golpes realizados através do aplicativo WhatsApp contra Deputados Estaduais, Prefeitos e Empresários maranhenses, os quais em apenas 5 dias o prejuízo causado às vítimas foram mais de R$ 60 mil.

O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas “emprestadas” pelos laranjas para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas que constavam em suas listas de contato.

Os presos foram encaminhados ao Complexo Penitenciário, onde ficarão à disposição da Justiça.

As investigações contra esse grupo criminoso continuam. Agora o Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos-DCCT/SEIC, irá apurar as participações de mais pessoas envolvidas nesse tipo de crime.


2 pensou em “Presos suspeitos de aplicar golpes em deputados e prefeitos do MA

  1. LADRÃO que ROUBA LADRÃO tem cem anos de perdão……
    Já o Ladrão que ROUBAR o MILICIANO ASSASSINO E LADRÃO e seus filhos, TAMBÉM VAGABUNDOS E BANDIDOS, terão o perdão ETERNO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *