Polícia e MP encontram Rolex e caixas de CoronaVac em ação deflagrada em SLZ, Apicum-Açu e Cururupu

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão, junto com a Polícia Civil, deflagrou na manhã desta quinta-feira, 27, operação para investigar supostos desvios relacionados à Prefeitura de Apicum-Açu.

Segundo o órgão, ao cumprir mandado de busca num posto de combustível no Cruzeiro do Anil, em São Luís, foram encontrados documentos da prefeitura daquele município.

Em outro endereço, localizado no Recanto dos Vinhais, estaria funcionando uma Fundação Comunitária de Apicum-Açu. No local, além de jóias, foram encontrados um relógio Rolex e até frascos de CoronaVac numa caixa da vacina.

O MP não informou sobre qual gestão recaem as suspeitas, mas o filho de um ex-prefeito foi conduzido para explicar as vacinas e o relógio encontrados em sua residência.

Há mandados sendo cumpridos, também, em Cururupu.

A Promotoria requereu busca e apreensão em 13 alvos (empresas e residências), além de decretação da prisão temporária como medida imprescindível para a continuidade das investigações. O pedido foi deferido pelo juiz Adriano Lima, da Comarca de Bacuri.

“O Inquérito Civil nº 016/2019 foi instaurado no âmbito da Promotoria de Justiça de Bacuri a fim de apurar atos de improbidade administrativa e/ou possíveis ilícitos criminais envolvendo os investigados. Causou estranheza o fato de o investigado ter construído três postos de combustíveis – sendo dois em Apicum-Açu e um em Cururupu tão somente com dinheiro oriundo de eventos. O empresário apresentou Imposto de Renda declarando com renda incompatível para a construção de três postos de gasolina”, diz uma nota emitida há pouco pelo MP.


3 pensou em “Polícia e MP encontram Rolex e caixas de CoronaVac em ação deflagrada em SLZ, Apicum-Açu e Cururupu

  1. Já era tempo. Esse moço vem afrontando toda a região. Ganhou uma licitação direcionada na Prefeitura de Cururupu na atual gestão, porque , financiou a campanha do prefeito eleito. Quem deu a licença para instalar o posto em Cururupu foi a prefeita…….Se o GAECO for mais fundo vai pegar contrabando de cigarro e outras cositas mas……..

  2. Comenta-se que os falsos empresários, laranjas profissionais e conhecidos agiotas de prefeituras e de políticos estão ainda em plena atividade desde as operações rapinas da vida, a despeito de ter havido várias operações e prendido muitos deles. Mas que, contumazes irrecuperáveis, voltam a delinquir? É de lascar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *