Edilázio critica ‘legado de Flávio Dino’ no saneamento do MA

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) comentou hoje, 14, nas redes socais, o resultado do levantamento do Instituto Trata Brasil que mostrou o fracasso da gestão Flávio Dino (PSB) no saneamento básico do Maranhão.

Após oitos anos de governo, no Maranhão apenas 48% dos habitantes têm direito ao abastecimento de água, e somente 11% da população possuem coleta de esgoto em casa (reveja).

“Esse é o legado que Flávio Dino vai deixar! Não conseguiu tirar os maranhenses da extrema pobreza, uma promessa de campanha, mesmo com os recursos federais que recebeu juntamente com a arrecadação dos impostos abusivos nos últimos anos. Vergonha!”, disse.


3 pensou em “Edilázio critica ‘legado de Flávio Dino’ no saneamento do MA

  1. Na cartilha de FD nunca existiu essa frase “saneamento básico no Maranhão”. Não sabe nem o que significa isso, assim como quase ninguém no Maranhão lembra o nome sequer de um presidente da CAEMA do governo FD.

  2. Deputado Edilazio foi eleito na última eleição por qual grupo político? Vim falar de promessas pra resolver problemas, de 5 Décadas em menos de 1 Década (8 Anos).. Governo FEDERAL tem Ministério de Infraestrutura e projetos para esses se saneamento básico, ele dou o que de emendas pra algum Município pra fazer esse trabalho de melhoramento em qual Município?

  3. Amigos,esse problema do saneamento básico na nossa cidade,não é novidade para ninguém, isso já vem rolando há muitas gerações de governos.Quem tem uma parcela de culpa nessa história ,é a prefeitura de São Luís,que há anos não tem um plano diretor definitivo e ainda libera Alvarás para que a especulação imobiliária cresça desordenada e a fiscalização sobre esses projetos deixam a desejar. Contudo,acho que a Caema por ter a seculos administradores incompatíveis com a empresa e sua politica,nunca acompanhou o crescimento da cidade e hoje paga um preço alto pela sua desorganização administrativa. Agora,existem dois problemas que precisam ser resolvidos,um a educação ambiental da população e outro é começar a enfrentar os pequenos problemas como a limpeza dos canais existentes na cidade como o que existe na av. Argentina no sol e mar,que pede socorro com sua população.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *