Consultor da SMTT desmente SET sobre déficit do sistema

O consultor técnico da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) Manoel Cruz traçou na terça-feira, 4, em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Transportes, em andamento na Câmara Municipal de São Luís, um panorama altamente esclarecedor quanto ao déficit do sistema de transporte público da capital. Em meio a uma série de informações apresentadas, a que mais chamou atenção foi a que diz respeito à defasagem de caixa das empresas e consórcios que operam as linhas de ônibus da capital.

De acordo com o consultor, o déficit mensal do sistema é de R$ 1,8 milhão. Ele afirmou que o sistema estava equilibrado até janeiro de 2020, mas advertiu que agora existe um parecer técnico que comprova o déficit financeiro (leia mais no blog do Daniel Matos).

A informação difere (e muito!) daquela apresentada pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) ainda no ano passado, em meio à greve dos rodoviários.

Em outubro, o diretor-executivo da entidade empresarial, Paulo Pires, disse que o sistema de transporte de São Luís sofreu um grande impacto com a pandemia e tinha um déficit mensal de R$ 6 milhões (reveja).

Diante de tantos dados desconexos, mais do que nunca se torna necessário que a CPI abra a caixa preta do sistema, com a divulgação das planilhas de custos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.