Governo do MA romperá contrato com empresa de ferry-boat do Pará

O presidente da Agência de Mobilidade Urbana (MOB) do Governo do Maranhão, Celso Borgneth, anunciou hoje, 20, em entrevista ao Imirante, que romperá o contrato oriundos da licitação para o serviço de travessia via ferry-boat na Baía de São Marcos com a Celte Navegação, do Pará.

O certame foi encerrado no fim do ano passado, com a contratação da empresa (saiba mais), que ainda não disponibilizou nenhuma embarcação.

“Todo este processo [de rompimento de contratos] deverá ser concluído até o fim do ano ou início do próximo”, afirmou o presidente da MOB.

Com isso, um novo procedimento deve ser aberto para a entrada de uma segunda empresa no serviço.


2 pensou em “Governo do MA romperá contrato com empresa de ferry-boat do Pará

  1. Agora a autoridade que autorizou a abertura do procedimento licitatório e que vai fazer o “rompimento” unilateral do Contrato, tem o poder-dever de penalizar a empresa provavelmente amiga assegurando o contraditório e a ampla defesa por não cumprir supostamente os termos do Contrato e/ou a CPL por não saber licitar os serviços de ferry-boat. Eis que na era comunista virou banalidade se fazer mansamente rescisões contratuais na modalidade amigável pra não comprometer ninguém e nem chamar a atenção dos órgãos de controle externo, e, ainda como se não bastasse, contratar supostamente outra empresa do peito ou às vezes até a mesma empresa faltosa? Pode!

    Eita, TCE! Eita, MP! Eita comunista, tu avacalhaste com a moralidade e a eficiência administrativa no MA o povo vai dar as costas pra ti nas urnas em outubro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.