Raimundo Monteiro quer ser candidato a senador

(Foto: Adorildo Japa)

(Foto: Adorildo Japa)

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Raimundo Monteiro, confirmou ontem (19) ao titular do blog que registrou no Diretório Estadual sua intenção de ser candidato a senador ou a suplente de senador numa chapa encabeçada pelo PMDB.

Os militantes do PT que tivessem a intenção de disputar o cargo de vice-governador, de senador ou de suplente de senador tinham até este domingo para procurar a direção da legenda e registrar o interesse.

“Eu registrei meu nome como possível candidato a senador ou a suplente de senador”, disse Monteiro. Sua decisão deve abrir mais uma frente de batalha no partido.

Além dele, o ex-secretário de Estado de Trabalho e Economia Solidária, José Antônio Heluy, confirmou o registro como pré-candidato a vice-governador. O ex-secrertário de Estado de Articulação Institucional, Rodrigo Comerciário, também tentou entrar na disputa pela indicação como vice, mas o registro apresentado continha problemas e ele deve mesmo ser candidato a deputado federal.

“Houve problemas com o registro do Rodrigo Comérciário e ele ainda precisará ser julgado”, declarou o presidente do PT. A decisão final sobre o rumo da sigla será tomada no próximo sábado (24).

ze_antonio_heluyDivergência

Reunidos em um restaurante logo após a oficialização do registro, aliados de José Antônio Heluy davam a indicação dele como favas contadas. Eles contam que até o próprio Monteiro assinou a ficha de apoio ao pré-candidato, o que inviabilizaria sua pretensão de disputar a suplência do Senado.

“Não existe qualquer outro registro, só o do José Antônio Heluy como candidato a vice-governador. Isso é fato consumado”, declarou Fernando Silva, presidente municipal da sigla.

Joab Jeremias, que tem acompanhado Rodrigo Comerciário em várias disputas internas do PT, também anunciava a candidatura de Heluy como a única registrada.

registro“O registro do Rodrigo Comerciário foi recebido, mas não aceito porque continha erros graves, segundo o próprio presidente Monteiro. E essa história de candidatura de Monteiro é factoide”, declarou.

Entre outras lideranças petistas ouvidas pelo blog, prevalece o entendimento de que, como o partido já decidiu, no dia 26 de abril, pela aliança com o PMDB, não poderia haver ontem registro de qualquer outra pretensão que não a de candidaturas a vice-governador.

Segundo esses militantes, o PT local só pode decidir pela indicação de um companheiro de chapa para o pré-candidato a governador do PMDB, senador Edison Lobão Filho. A indicação de um suplente de senador, avaliam, só pode ser feita se houver intervenção da Executiva Nacional, com base em resolução aprovada no ano passado.

__________________Leia mais

PT confirma aliança com o PMDB no Maranhão

“É uma possibilidade”, diz presidente do PT sobre suplência no Senado

Executiva pressiona para que PT fique com suplência de senador no MA

Com suplente, PT mira o Senado

“Projeto Flavio Dino foi derrotado no PT”, diz petista ao rechaçar suplência


1 pensou em “Raimundo Monteiro quer ser candidato a senador

  1. Caro Leda, dar nojo ver este bando de farofeiro do PT a banda podre, que se mistura a horda oligarca. Mendigando cargos supérfluo, apelando para um carguinho no governo. Estes sim são o papel higiênico da sociedade.
    ‘Disconjuro” miseráveis pobres e interesseiros…

Os comentários estão fechados.