PGJ: em 2008, Flávio Dino pediu que Jackson nomeasse mais votado

dino

A cada debate mais delicado com o qual se depara, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), deixa ainda mais clara a sua incoerência.

No mais recente dele, o comunista se viu alcançado por pesadas críticas depois de nomear como novo procurador-geral de Justiça do Maranhão o promotor Luiz Gonzaga Martins Coelho. Ele foi o segundo mais votado em recente eleição no Ministério Público (reveja).

exclusivoA decisão de Dino nesse episódio representa uma guinada de 180 graus em seu posicionamento público sobre o tema, como revela documento obtido com exclusividade pelo Blog do Gilberto Léda.

Em 2008, quando ainda era deputado federal, o comunista subscreveu, junto com outros colegas de parlamento, um ofício encaminhado ao então governador do Maranhão, Jackson Lago (PDT), solicitando que, naquele ano, o pedetista procedesse à nomeação do candidato mais votado na eleição.

No documento a Lago, Dino e os demais signatários pediam “a consolidação das Instituições em nosso país” através da garantia da nomeação do primeiro colocado.

“Vimos, através deste respeitoso documento […], solicitar que Vossa Excelência concretize o ato democrático de nomear o candidato mais votado que compuser a lista tríplice escolhida pelo colegiado de Procuradores e Promotores de Justiça, no que toca ao pleito que se avizinha”, destacava o texto (veja acima – em destaque a assinatura do maranhense).

Noutro trecho, eles ponderavam que “a representatividade pelo voto sempre será o caminho para um País (sic) mais forte e democrático” e, mais adiante, lembravam que Jackson Lago só estava no cargo de governador, assim como outros chefes de Executivo, por terem ficado “em primeiro lugar na disputa eleitoral”.

Naquela ocasião, formaram a lista tríplice para a PGJ do Maranhão Francisco das Chagas Barros e Souza (116 votos), Luiz Gonzaga Martins Coelho (113 votos) e Fátima Travassos (107 votos).

Jackson nomeou Fátima Travassos…


15 pensou em “PGJ: em 2008, Flávio Dino pediu que Jackson nomeasse mais votado

  1. POR QUE A OLIGARQUIA TEM TANTO INTERESSE PARA QUE DINO VENHA NOMEAR O PRIMEIRO COLOCADO NA FUNÇÃO DE PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO? SERIA MEDO DO NOMEADO INVESTIGAR A FUNDO OS DESMANDOS DO EX-GOVERNO DA ¨PRINCESA¨DA ODEBRECHT.

  2. Não é que o Governador esteja limitado a nomear o primeiro colocado na lista tríplice, a prova disso é que são escolhidos pelo voto direto três candidatos podendo qualquer um dos escolhidos ser nomeado. A questão são os pensamentos que norteiam as atitudes da autoridade pública gestora de uma nação, de um estado ou de um município. Senão vejamos: Quando elegemos alguém para governar qualquer unidade da federação, a exemplo das democracias do mundo inteiro, levamos em consideração as propostas programáticas e ideológicas do candidato, ou seja, buscamos eleger quem está comprometido com as nossas necessidades e aspirações, sejam individuais e/ou coletivas, no momento que candidato chega ou poder, subitamente, começa a desviar-se das propostas anteriormente apresentadas, bem como mudar o comportamento que sempre norteou os seus discursos, aí está uma assustadora incongruência, que nos leva a pensar que tudo o que foi dito anteriormente eram bravatas. Para concluir, existe um pensamento do saudoso Padre Léo, que diz: ” Os pensamentos definem as tuas ações, mas são as tuas reações que revelam o teu ser”.

  3. PORQUE O COMUNISTA TEVE TANTO MEDO DE NOMEAR O PRIMEIRO COLOCADO, SERIA MEDO DE POR VENTURA SER INVESTIGADO PELO PRÓPRIO?

  4. Será que li bem o comentário do Pedro Paulo dos Santos?
    A desculpa da “Oligarquia, blá, blá, blá…” sempre aparecendo para justificar os erros e as contradições do nosso nobre Governador comunista Fávio Deus Nosso Senhor todo Poderoso Messias Salvador Nunca Erra Dino.
    Dessa vez, no caso da escolha do segundo mais votado para a PGJ.
    Fatos:
    1. O segundo colocado assinou uma declaração afirmando que apoiaria a escolha do mais votado caso não fosse ele;
    2. Flávio Dino defendeu a escolha do mais votado em 2008;
    3. Flávio Dino escolhe o segundo mais votado em 2016;
    4. Os governistas divulgam uma tese falsa para justificar a escolha, como ficou comprovado.
    E ainda existem pessoas que acham normal tudo isso?
    Pobre Estado do Maranhão! Este é o nosso governador (vejam bem, votei nele! Mas, nunca mais) … durante o dia usa o twitter para defender a ética na política e à noite diz que acharia normal o PC do B filiar o nosso nobre Deputado Federal Waldir Gênio da Política Maranhão.

  5. Você sabe o adágio popular que diz: “Faça aquilo que eu digo, mas não faça aquilo que eu faço”.
    Está esclarecido!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  6. O pior de tudo é que até divulgar uma lambança de Flávio Dino a culpa é da oligarquia Sarney. Mas quase nada tem para divulgar de bom. A não ser o parecer da Procuradoria Geral do Estado isentando a Assembléia Legislativa da Lei da Transparência

  7. Triste ver como o poder turva princípios, aniquila toda uma carreira jurídica e transforma, melhor, revela a verdadeira faceta de quem não caminha com a democracia. Chega ao absurdo de colocar um aliado político, Dep. Waldir Maranhão, numa situação vergonhosa, da qual resultou na descoberta de inúmeras falcatruas. Pior ainda, tornou o Estado do Maranhão motivo de piada nacional. Tudo por conta dessa vaidade política, fraca e incapaz de conseguir afalto de qualidade para nossas BR’s, sendo forçado a ingressar em juízo para tanto.

  8. Sou mais o Flávio Dino como está do que qualquer um da família Sarney ou seus aliados. Acho cedo para tentar eliminar o governador.

  9. Pingback: PGR: Nicolao pode provar veneno que Flávio Dino adora usar | Gilberto Léda

Os comentários estão fechados.