Lidiane Leite consegue decisão e reassumirá Prefeitura de Bom Jardim

lidiane1 lidiane2

O juiz Magno Linhares, da 2ª Vara da Justiça Federal no Maranhão, deferiu medida cautelar impetrada por Lidiane Leite (DEM) e revogou os efeitos de decisão anterior que a proibia de acessar o prédio da Prefeitura de Bom Jardim, bem como as dependências de secretarias municipais.

A decisão foi tomada depois de a prefeita cassada ser convocada pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Arão Silva (PTC) – por meio de ofício datado do dia 5 de agosto -, para reassumir o comando do Município. O petecista revogou ato anterior, que declarava a vacância do cargo de chefe do Executivo municipal.

A posse, segundo consta do documento, está marcada para esta segunda-feira (8). Ocorre que, como Lidiane estava proibida de entrar nas dependências da prefeitura, ela precisou primeiro pedir autorização à Justiça Federal, o que foi deferido.

Lidiane Leite está fora do cargo desde agosto do ano passado, quando foi presa pela Polícia Federal no bojo da Operação Éden (reveja). Segundo as investigações que levaram à sua prisão, pelo menos R$ 1 milhões teriam sido desviados de recursos da merenda escolar – o MP, contudo, falou à época em fraudes de até R$ 15 milhões.

Na última sexta, mesma data do ofício do presidente da Câmara convocando a prefeita afastada para nova posse, ela já estava na cidade, onde participou de uma convenção (releia).


12 pensou em “Lidiane Leite consegue decisão e reassumirá Prefeitura de Bom Jardim

  1. Pingback: Juiz concede liminar e Lidiane Leite deve reassumir prefeitura de Bom Jardim | Blog Jefferson Calvet

  2. Lembro que na época ela foi cassada pelo plenário da câmara por se ausentar a periodo superior a 15 dias, acho que um presidente de câmara não tem poder pra passar pela decisão do plenário.. ainda vai render, ainda mais se considerar que um dos motivos pra tirarem ela de pedrinhas foi que ela não era mais prefeita e portanto não havia risco de alterar provas, agora a própria justiça decide tirar as medidas protetivas para a mesma voltar a ser prefeita, sem importar a destruição de provas.. Até entendo, tem gente precisando bancar campanha de vereador, já sei de onde vai sair o dinheiro.

    • Agora falou a verdade, isso é uma vergonha pra o nosso estado. Principalmente para o Brasil.
      Esse juiz federal, léu o processo foi de cabeça pra baixo só pode.
      Uma coisa dessa e brincadeira.

  3. quem esta precisando ser passado a limpo é o poder judiciário.
    como pode uma pessoa como essa voltar a administrar dinheiro público.
    parece que o maranhão vai se encontro com resto do pais
    um vergonha.

  4. Não é atoa q o nosso estado é onde tem o maior números de roubo nos poderes políticos, isso mesmo o maior roubo político se encontra no Maranhão, porq?? ORA porq eles tiram mais dinheiro pro bolso deles do que investem no nosso Estados…

  5. Uma correção deve ser feita: quem autorizou o retorno dela foi o presidente da Câmara e não o juiz! Leiam com atenção a decisão! Neste caso, se há ato que atente contra a dignidade da população e ato veio do legislativo de Bom Jardim. O juiz tão somente revogou medida de proibição de acessos aos prédios públicos, isto era competência dele! Tenham senso crítico ao ler.

Os comentários estão fechados.