STJ reconhece suspensão dos direitos políticos de Zé Vieira

O ministro Napoleão Filho, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), indeferiu hoje (23) embargos da defesa do prefeito de Bacabal, Zé Vieira (PP), considerou transitada em julgado ação em que ele foi condenado por improbidade administrativa e enriquecimento ilícito e reconheceu a suspensão dos direitos políticos do progressista.

Essa condenação por improbidade é uma das causas do questionamento da candidatura do prefeito na Justiça Eleitoral – quando prefeito pela primeira vez, ele pagou com recursos da Prefeitura por sua promoção pessoal em um jornal.

A decisão do ministro, agora, será comunicada ao juízo de Bacabal, que oficiará à Câmara Municipal para que efetive o afastamento de Zé Vieira do cargo.

Por enquanto, assume o vice-prefeito, Florêncio Neto (PHS), pelo menos até uma decisão sob o ponto de vista eleitoral.

Explica-se: com a confirmação a suspensão dos direitos políticos do prefeito, deve ganhar força no TSE, onde a chapa ainda enfrenta um outro processo, a tese de que ele não tinha direito à elegibilidade à época da eleição.

Além disso, ele tem que se defender da ação eleitoral originária, por meio da qual teve seu registro questionado justamente por ter sido condenado por ato doloso de improbidade administrativa que causou dano ao erário e enriquecimento ilícito.

Se confirmado o indeferimento da candidatura – como já decidido pelo TRE-MA (saiba mais) e reforçado pela Procuradoria-Geral Eleitoral (reveja) -, cai do posto não apenas Zé Vieira, como também Florêncio Neto.

Detalhe: o ministro Napoleão Filho, que reconheceu a suspensão dos direitos políticos do gestor, também faz parte do TSE…


11 pensou em “STJ reconhece suspensão dos direitos políticos de Zé Vieira

  1. Está na hora de mostrar pra esse povo q ainda existe justiça. O povo não aguenta mais pagar tantos impostos e esse corja surrupiar tudo.

  2. A justiça deveria tomar os apartamentos que ele tem na ponta da areia, uma das áreas mais cara de São Luís.

  3. O ministro Napoleão Filho, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), indeferiu hoje (24) embargos da defesa do prefeito de Bacabal, Zé Vieira (PP), considerou transitada em julgado ação em que ele foi condenado por improbidade administrativa e enriquecimento ilícito e reconheceu a suspensão dos direitos políticos do progressista.

    Uma pequena correção ,esse Hoje (24) ,era para ser Hoje (23) ,boa noite grande Gilberto

  4. Sai um […] velho e fica o vice um […] novo kkkkk eita bacabal Florêncio vai logo fazer caixa p reeleição dele alô ministério publico olho nesse safado ele e abilidoso

  5. S.O.S DOS FUNCIONÁRIOS DA PREFEITURA DE BACABAL-MA

    GILBERTO LÉDA, Será que foi feito “Macumba” para não pagar os servidores efetivos e contratados de Bacabal-MA.

    Será que adversários políticos fizeram um trabalho de “macumba”? para impedir que o prefeito ZÉ VIEIRA não realize o pagamento. O “despacho” foi forte e aceito pelo ‘santo’ GILBERTO LÉDA Chegamos ao dia 11 de março 2017 e recebemos o mês de janeiro de 2017, e até agora, efetivos e contratados não receberam os proventos referentes a fevereiro de 2017. e março de 2017 já vai ficar em atraso, portanto GILBERTO LÉDA, já vai pra dois meses sem a gente receber os nossos proventos, pelo amor de Deus GILBERTO LÉDA, faça algo por nós, você é nosso anjo, como é que a gente vai arcar com nossos compromissos.

    S.O.S DOS FUNCIONÁRIOS DA PREFEITURA DE BACABAL-MA

  6. A injustiça do estado em pouco tempo põe ele de volta no cargo, no Brasil só existe justiça pra massacrar quem trabalha e produz de verdade.

  7. NO PERÍODO DA DITA “DURA” a Aliança Renovadora Nacional (ARENA) jogava no campo político das eleições municipais com vários competidores (CANDIDATOS), ESCALADOS ASSIM: ARENA 1; ARENA 2; ARENA 3 … Simulavam brigas e dissidências familiares (…) mas (E SÓ POR ISSO) VENCIAM . ENTÃO O NOSSO DITADOR PROMÍSCUO FLÁVIO DINO NÃO ESTÁ NEM LÁ (em Bacabal), pois apoiou E; OU, TORCEU POR ROBERTO COSTA E ZÉ VIEIRA em qualquer tempo. Ainda é àquele líder Estudantil que ocupava a prefeitura de Campus (do Bacanga) e ao mesmo tempo conchavava com PRÓS e REITORES. É preciso REITERAR isso.

    No período da campanha (já em 2010), meu amigo, filósofo, professor E COMUNISTA, DE VERDADE: CRISTIANO CAPOVILA-, JÁ PREVIA QUE TUDO ISSO OCORRERIA.

    É importante COLOCAR que continuo na COLA.

    Marco Antonio Carvalho Diniz

Os comentários estão fechados.