Vice-almirante deve comandar Porto do Itaqui no governo Bolsonaro

Caberá a um vice-almirante da Marinha do Brasil o comandar o Porto do Itaqui após sua retomada pelo governo Jair Bolsonaro (PSL).

Ele será auxiliado na missão, segundo apurou o Blog do Gilberto Léda, por um capitão de mar e guerra, ex- comandante da Capitania dos Portos do Maranhão (CPMA).

Atualmente, o porto é controlado pelo Governo do Maranhão, por meio da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), em virtude de um convênio de delegação firmado em 2000 com o Governo Federal.

Dentre outras coisas, pesou para a decisão da gestão Bolsonaro de retomar o controle do Itaqui recentes saques de recursos feitos pelo governo Flávio Dino (PCdoB). A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) já proibiu enquanto se discute na Justiça sua legalidade, novas retiradas pelo Estado do Maranhão (saiba mais).


10 pensou em “Vice-almirante deve comandar Porto do Itaqui no governo Bolsonaro

  1. Realmente Flávio Dino é um excepcional administrador. Parabéns ao Governo do Estado. Ah! Mas a culpa é do Sarney, da oligarquia. Ops. A culpa é do Bolsonaro, aquele homofóbico.

  2. E o multimodal de Cujupe já está em funcionamento? e os contêiners refrigerados estão a pleno vapor no Itaqui? e a movimentação de cargas da Emap com empresas chinesas, como está? PCdoBozo conseguirá manter a boquinha do porto através de seu alinhamento com RM? tchantchantchantchan

  3. Não tem mais um centavo na aplicação da EMAP, Flávio […] levou tudo, raspou tudo, torrou um dinheiro que não é do estado, só pode ser aplicado no porto segundo o convênio da EMAP.
    Esse comunista incompetente e lunático vai perder o Porto do Itaqui, pela maneira irresponsável como quebrou o estado com suas obras eleitoreiras e mal planejadas.

  4. Hoje assistindo tv, coisa que não costumo fazer, ouvir um comentário de um blogueiro acerca desse assunto, e observei como alguns “profissionais’ da comunicação envergonham essa linda profissão, na referida fala, ele vaticinou que o Bolsonaro tenciona tirar o comando do porto da Emap devido suas divergências políticas com o governador quando na verdade o governador passa 24 h de seu tempo infernizando via twitter o presidente fazendo uma militância e oposição às cegas e de forma irresponsável, o “super comentarista” antes de apontar Sarney e Bolsonaro como culpados devia falar do real motivo para que essa decisão seja tomada. Lamentável no que o país e o Maranhão se transformaram.

  5. Pingback: Prestes a perder Porto do Itaqui, Dino vai a BSB exaltar Emap - Gilberto Léda

  6. Comunistas e petistas são todos iguais.
    CorruPTos e incompetentes, colocam sempre seus e roubos na responsabilidade dos oponente.

Os comentários estão fechados.