Auditora que apontou superfaturamento na compra de respiradores pelo Governo Dino vira alvo de comunistas

A auditora de controle externo Aline Vieira Garreto, do Tribunal de Contas do Estado do maranhão (TCE-MA), virou alvo de ataques comunistas nas redes sociais desde que apontou “descuido” de agentes da Secretaria de Estado da Saúde (SES) com o dinheiro público no caso da compra de 70 respiradores por mais que o dobro da média nacional (saiba mais).

Os equipamentos, como se sabe, nunca chegaram ao Maranhão.

O caso está sendo analisado em procedimento de controle pela Corte de Contas e o parecer da auditora é pela conversão do processo em Tomada de Contas Especial, “em face da gravidade das irregularidades apontadas”.

Depois de emitir o parecer, Garreto passou a ter a vida devassada por comunistas, que, agora, querem puni-la pelo “crime” de emitir opiniões contra figuras da esquerda nacional nas suas redes sociais pessoais.


2 pensou em “Auditora que apontou superfaturamento na compra de respiradores pelo Governo Dino vira alvo de comunistas

  1. Para quem tem um mínimo de conhecimento de auditoria ou controles internos de uma empresa ou órgão público, sabe que a auditora foi até benevolente.
    Claro que sem conhecer o processo. Mas, caracterizar como ” descuido” uma operação em que um ordenador de despesa, paga por um produto que o Estado não recebeu.
    Fere todos os princípios de contabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *