Classe política está fora de sintonia

A classe política maranhense parece ter entrado em colapso nos últimos meses. Em praticamente todas as esferas há embates que desgastam a categoria e colaboram para arranhar a já tão desgastada imagem dos homens públicos do nosso estado.

Em nível estadual, as maiores disputas se dão em torno da Mesa Diretora da Assembléia Legislativa. Parece já haver um consenso sobre a Presidência, que deverá mesmo ser ocupada por Ricardo Murad (PMDB).

Pelos demais cargos, no entanto, a briga é intestina. Não há acordo entre os partidos da base aliada e a pendenga pode acabar sendo decidia no voto, dia 1º de fevereiro.

Na oposição, a coisa também não anda nada bem. PSDB, PSB e PC do B não conseguiram se entender sobre quem lidera o bloco e o resultado é que o grupo acabará esfacelado em dois mini blocos: um comandado pelos tucanos, o outro – ainda menor -, pelos socialistas.

Verdadeira demonstração de imaturidade política dos deputados.

Na esfera municipal, é a disputa pela FAMEM o pomo da discórdia. Junior Marreca e Zé Mário não abrem mão das candidaturas, e nem mesmo a intervenção do Governo do Estado foi suficiente para que se chegasse a um consenso.

O resultado é o entrincheiramento dos prefeitos em duas linhas ofensivas bem definidas, o que pode deixar marcas indeléveis no relacionamento institucional para os próximos dois anos.

A capital também não passa incólume. O prefeito João Castelo já começa a pensar nas eleições de 2012 e, para isso, tem atropelado lideranças importantes do PDT na tentativa desesperada de garantir o apoio do partido a sua reeleição.

Não há uma conversa mais bem definida sobre o assunto. A estratégia do prefeito tem sido convidar “aliados” pedetistas para compor o governo, mesmo sem consultar os caciques do partido.

Dizem que o próprio Jackson Lago já se mostrou incomodado com a ofensiva tucana e já ameaça lançar candidatura própria, só para contrariar Castelo. Imaturidade pura.

São exemplos claros que mostram como a classe política maranhense parece fora de sintonia.


0 pensou em “Classe política está fora de sintonia

  1. Na verdade toda estrutura dos poderes neste Estado estão caducas e podres..
    Vamos ver a divisão dos aliados de Roseana em duas frentes um continuísta e outro que defenderá Ricardo Murad, vejo embates muito grandes de Ricardo a frente da AL, tanto que esta velha governadora que se cuide, pois seu cunhadinho vai começar a por as unhas de fora….