Após recado de Maia, Flávio Dino se diz a favor de estados na reforma da Previdência

O governador Flávio Dino (PCdoB) declarou hoje (6), em entrevista a O Antagonista, que, feitas as devidas “melhorias” no texto atual, é a favor de que estado e municípios também sejam incluídos na reforma da Previdência.

“Essa reforma que está tramitando eu não apoio. Precisa melhorar muito. Em melhorando, é claro que regime previdenciário dos servidores tem que ser para todos. Inclusive militares. Existirem milhares de regimes previdenciários diferentes no Brasil seria, aí sim, uma balbúrdia jurídica”, disse.

Ele se manifestou após a notícia de que governadores assinariam uma “carta de repúdio” contra a retirada de estados e municípios da reforma.

O posicionamento oficial do governador do Maranhão surge apenas dois dias de o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), mandar-lhe um recado.

O democrata disse em Brasília que já falou pessoalmente a Dino que, se não se aprovar a reforma da Previdência, o país “ficará ingovernável”. “Se a reforma não passar será tão grave que faltará dinheiro para o Maranhão também”, completou.


5 pensou em “Após recado de Maia, Flávio Dino se diz a favor de estados na reforma da Previdência

  1. Flávio Dino sai do Maranhão para ir a Curitiba apoiar o larápio e traidor Lula. No Maranhão nunca disse uma palavra de apoio ao Dr. Jackson Lago. Foi Dr. Jackson que abriu o caminho da mudança no Maranhão. No fim teve ajuda do Governador José Reinaldo e derrotou a oligarquia. O atual governador renega os dois. O mundo é redondo igual a barriga do aproveitador.

  2. Lógico. A estratégia dele é a reforma vim de cima pra baixo e ele aumentar a contribuição para 14%. E depois colocar a culpa no bolsonaro. Simples assim.

  3. Governador pelo amor que o senhor tem ao Maranhão largue Lula de mão ele afundou o Brasil é pode acabar com o Maranhão ele é uma péssima compania

  4. Anna disse tudo. Esse cara só concorda com a política de Bolsonaro no que é conveniente para ele. Manda os capachos tipo Eliziane votarem contra tudo em Brasília e depois fica jogando para a platéia. Ele se transformou numa pessoa a cada dia mais asquerosa.

Os comentários estão fechados.