‘Para com isso’, pediu Bruna Lícia antes de marido PM atirar para matar

A jovem Bruna Lícia Pereira, assassinada pelo marido PM, Carlos Eduardo Pereira, junto com José Willian dos Santos, no quarto do casal, no sábado (saiba mais), chegou a pedir que o companheiro não atirasse.

“Realmente teve uma luta corporal, mas ele [policial] chegou e foi atacando. Tinha uma testemunha lá dentro que viu ele entrando, começando as agressões. Ouviu a menina [Bruna] gritando ‘para com isso’. Então se ela estava gritando ‘para’ é porque eles estavam sendo atacados e não o contrário”, disse a delegada Viviane Fontenelle, segundo o G1.

A “testemunha lá dentro” é o rapaz identificado como Lucas, segundo revelou o Blog do Gilberto Léda ainda no domingo (reveja). Ele era amigo das duas vítimas e chegou ao local acompanhando José Willian.

Antes do assassinato, ele chegou a registrar um momento de descontração entre os três na sala do apartamento onde moravam a esposa e o PM.

Vazamento

A Polícia Civil já informou que será aberto um inquérito policial em paralelo para apurar exclusivamente o vazamento das fotos das vítimas despidas e mortas na cena do crime. As imagens viralizaram nas redes sociais.

Será investigado, também, o vazamento e compartilhamento de várias fotos de Bruna Lícia nua.

As investigações ficará sob responsabilidade da Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC).


2 pensou em “‘Para com isso’, pediu Bruna Lícia antes de marido PM atirar para matar

  1. Eita Delegada, que interpretação mais mequetrefe essa sua. Se a moça gritou para, poderia estar ocorrendo agressões mútuas. Bruna Lice gritou : PARA COM ISSO. E NÃO: PARA COM ISSO CARLOS EDUARDO. Interpretação eivada de subjetivismo. Nobre Delegada, concentre-se nas investigações e deixe de buscar holofotes. Subjetivismo só gera arbitrariedade. Não é preciso execrar o PM. Outra coisa, se houve luta entre ambos, quem garante que o amante não tentou tomar a arma do PM? A legitima defesa sucessiva não é cabível? ou A sra Delegada já concluiu o IP em 02 dias e elucidou o caso? Quanto a BRUNA LICIA o caso pareçe elucidado. Agora quanto ao URSO, muitas incógnitas.

    • Cara burro da porra falando merda legítima defesa como ? O cara deu foi 4 tiros no rosto 1 um no peito isso è execução e a testemunha fala que ele começou a bater se houve briga logicamente a vítima queria se proteger das agressões depois que ele mata o rapaz a esposa certamente partiu pra cima dele tbm com raiva do que ele fez

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *